terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Rotina...

Rotina de sentimentos de um projetista!
Minha vida é assim gente....

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Home Theater : Onde, Como e Quando Usar!!!


Essa semana eu pedi a ajuda do meu amigo ANDERSON MARTINS, que muitos aqui devem conhecer, ele tem um grupo bem bacana sobre Promob no facebook e ajuda a tirar muitas dúvidas sobre o programa, para quem ainda não conhece, vale a pena conferir, clique aqui e acesse! 

Bom, eu pedi a ajuda dele para falar sobre Home Theater e suas implicações, pois nosso amigo já trabalhou exclusivamente com isso e entende muito bem do assunto. Então ele escreveu um texto sobre o tema para tentar tornar mais fácil a sua compreensão, pois muitos são os projetistas que não conhecem como acomodar corretamente as caixas de som e sem querer isso acaba implicando com o resultado final do nosso trabalho... é por isso que digo que projetista tem que saber de tudo é de tudo mesmo!!!

Segue o texto:

Home Theater, Home Cinema, cinema em casa são alguns dos nomes dados aquele sistema que busca trazer para sua casa a sensação de envolvimento sonoro e de imagem que as salas de projeções profissionais os cinemas comerciais proporcionam. Mas antes de falar sobre suas implicações nos projetos de moveis e ambientes quero compartilhar com vocês um pouquinho da historia e evolução dos sistemas de áudio e vídeo.

Áudio é antes de mais nada uma questão de referencia! 
Se você passar sua vida inteira escutando um radio de pilha, quando ao ouvir pela primeira vez um radio daqueles portáteis dois falantes com toca fitas que a maioria de nos já teve ou tem ainda em casa a sensação e que um mundo novo se descortinou a sua volta! Isso porque a qualidade sonora do radinho ate então era sua referencia auditiva e ao escutar o outro radio portátil mais potente e com som estéreo (dois canais) você começou a perceber mais nuances no áudio ou seja passou a perceber mais detalhes.

Em meados de 1970 alguns entusiastas estavam cansados de assistir seus programas e escutar seus discos no som estéreo e deram origem aos sistemas quadrafônicos que como segundo sugestão do próprio nome reproduzia o som em 04 canais distintos. Isso possibilitava que o áudio fosse gravado e reproduzido em 04 canais ao invés de 2. Com isso era possível realocar instrumentos na gravação criando uma sensação de envolvimento maior. Naquela época a fonte de áudio e vídeo mais comum era o vídeo cassete, ou tocador de vinil que era ligado a um amplificador de 04 canais.

O tempo foi passando e a tecnologia foi se tornando mais acessível e empresas como a Dolby responsável por sistemas de áudio de salas de cinema comerciais começou a desenvolver sistemas multicanais para serem usados em casa os sistemas dolbyprologic que na sua primeira versão se apresentava com 4+1 canal sendo que essa configuração se apresentava da seguinte forma: 02 caixas frontais sendo uma direita e a outra esquerda, 02 caixas traseiras colocadas atrás e ou ao lado do sofá sendo também uma a esquerda e uma a direita e a caixa +1 ou .1 como veremos a seguir era o Subwoofer caixa que reproduzia apenas os sons de baixa frequência os graves. 

Essa tecnologia durou pouco tempo e logo foi substituída pela configuração 5+1 ou como muitos conhecem 5.1 onde você tinha as mesmas caixas direita e esquerda frontal e traseira porem agora você tem a caixa central na configuração. Essa caixa e responsável pela maioria dos diálogos que acontecem no filme. Por falar nisso vamos nomear cada uma das caixas e também dar a elas suas funções:


1-Caixa Central: A posição ideal e no meio do móvel logo abaixo da tv/projetor. Ela não deve ficar mais alto que 1100 nem mais baixa que 500mm. Ela e responsável por reproduzir a maior parte dos diálogos do filme.

2-Caixa Frontal esquerda: Fica na frente a esquerda e todos os efeitos frontais que acontecem na cena a esquerda do telespectador vão ocorrer nela. O posicionamento dessa caixa tem muito a ver com o tamanho e tipo dela ver infográfico*** Mas nunca devera ficar encostada na caixa central.

3- Caixa Frontal direita: Fica na frente a direita e todos os efeitos frontais que acontecem na cena a direita do telespectador vão ocorrer nela. O posicionamento dessa caixa tem muito a ver com o tamanho e tipo dela ver infográfico*** Mas nunca devera ficar encostada na caixa central

4- Caixa surround esquerda: Fica na parte de trás da sala. Essa caixa pode ser posicionada no teto (tipo inwall) ou na parede ou mesmo em pedestais. Algumas devido a seu tamanho e configuração ficam apoiadas diretamente no chão. Essas caixas são responsáveis pelos efeitos sonoros que ocorrem na parte de trás da cena no lado esquerdo. Podemos afirmar que ela junto com a caixa surround direita são as maiores responsáveis pela sensação de envolvimento do telespectador. Seu posicionamento devera obedecer a distancia correta indicada pelo fabricante.

5- Caixa sunrround direita: Fica na parte de trás da sala. Essa caixa pode ser posicionada no teto (tipo inwall) ou na parede ou mesmo em pedestais. Algumas devido a seu tamanho e configuração ficam apoiadas diretamente no chão. Essas caixas são responsáveis pelos efeitos sonoros que ocorrem na parte de trás da cena no lado direito. Podemos afirmar que ela junto com a caixa sunrround esquerda são as maiores responsáveis pela sensação de envolvimento do telespectador. Seu posicionamento devera obedecer a distancia correta indicada pelo fabricante.

6-Subwoofer: Com certeza a caixa que gera mais equívocos no sistema de Home Theater e nos projetos de moveis que vão abrigar esses sistemas. Essa caixa e responsável por reproduzir os sons graves. Mas e grave mesmo!! Um exemplo seria uma explosão no filme onde um asteroide colide com a terra ou mesmo as pisadas de um dinossauro. Esses sons de baixa frequência precisam de espaço para poder se propagar se assim não for você ouvira apenas frequências secundarias geradas a partir da colisão das ondas sonoras o que prejudica muito a qualidade final do conjunto. Essa caixa deve ser colocada diretamente no piso e não deve ser fechada dentro de um móvel. 

A configuração descrita acima e uma configuração considerada 5.1. E a maioria esmagadora dos sistemas que são vendidos hoje no mercado. Existem configurações domesticas que vão ate 12.2 onde o 2 são dois Subwoofer.

A imagem e um capitulo a parte!

Muito se fala sobre o tamanho da TV ou tela de projeção a ser usada no sistema. Porem com a melhora das tv's e projetores e possível abusar do tamanho da imagem! Aquela regrinha que era usada antigamente era valida para aquela época onde os aparelhos tinham que abusar do brilho devido ao contraste pequeno o que tornava o ato de assistir um filme numa tela grande algo cansativo a acabava por irritar a vista. A dica a sempre levar em consideração o centro da imagem para que o telespectador não fique nem olhando para o alto nem para o chão. O ideal é que o centro da tela esteja no máximo a 1500mm do chão. 

O assunto é rico e muito amplo e não tenho a pretensão de escrever um manual completo sobre o tema. 
Meu conselho é: Consulte os manuais de fabricantes, leia artigos na internet pois o mundo do Home Theater é muito vasto! Você pode encontrar sistemas que custam 300 reais ate sistemas que custam milhares de dólares. 

Se o seu cliente for um audiófilo siga a risca as especificações que ELE te der e não fuja delas nem por um milímetro. Escute muito e aprenda bastante porque você terá uma verdadeira aula de som e imagem. 

Até a próxima e bons projetos!!!!





sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

NOVIDADE 2014!!!

Para todos que acompanham o blog, segue a novidade!
Temos agora uma página no facebook, onde ficará mais fácil acompanhar todas as atualizações.

Quero desde já pedir desculpas pelo meu sumiço, prometo em 2014 estar mais presente com todos vocês! Aguardo a todos para curtirem a página ---> Acesse a página AQUI